quinta-feira, 17 de junho de 2010



(tu jamais vai me esquecer)

Diga ao povo da rua que eu não presto
Que eu fui pouco de mais pra teu amor
Diga até como forma de protesto
Que eu não soube se quer te dar valor
Diga tudo de ruim ao meu respeito
Que pra mim não tem jeito que dê jeito
E que eu levava minha vida te iludindo
Cuspa então nesse prato que comeu
Só não diga a ninguém que me esqueceu
Pois o povo vai ver que estais mentindo

Se quiser bote outro em sua cama
Outro alguém que assuma o meu lugar
Mesmo assim saberei que tu me ama
Porque isso é visível em teu olhar
Se quiseres trocar os meus abraços
Adormece nas conchas d’outros braços
Recebendo os carinhos que ele o deu
Se você me trocou pra ta com ele
Do que vale o teu corpo ser só dele
Se o amor do teu peito ainda é meu

Você pode por ele ter paixão
Mas amor de verdade é só por mim
Tu da boca pra fora diz que não
Mas do peito pra dentro diz que sim
Só não tas nos meus braços por orgulho
Me critica,me xinga,faz barulho...
E tentando acalmar a tua ira
Você mancha meu nome,me difama
Mas se diz pra alguém que não me ama
Teu olhar logo prova que é mentira

Você diz que é melhor não mais me ver
Que o amor que sentias já morreu
Mas eu sei que na hora do prazer
Você troca outro nome pelo meu.
Sou mais homem,mais tudo do que ele
Mas se queres ficar ao lado dele
Tudo bem meu amor podes ficar
Tente até me esquecer de todo jeito
Mas no ranking de amores do seu peito
Não tem homem que assuma meu lugar

(Welton Melo)

6 comentários:

  1. Amigoo, vou te contar, tu eh muito fera msm hein!!! está de parabens, eh por isso que eu amo vc!! tenha um maravilhoso dia amore, bjossssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. ADOREIIII
    muito massa

    Beijos emmeline

    ResponderExcluir
  3. ParabéÈnss adoleii viuuu....
    Bjii golega

    ResponderExcluir
  4. Qualidade, poeta... Belos versos!!

    ResponderExcluir
  5. ameiii...
    como sempre ta de parabenss
    xerooo
    te adoroo...
    poeta doidoo
    rsrs

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Sou mais um que nesta terra de poetas não sei se sou Poeta ou Louco,mas depois de ter me banhado nesse rio de versos posso afirmar com toda certeza que nem todo louco é poeta mas que todo poeta é completamente louco; Loucura essa que o faz ver a vida com outros olhos. Dêem Viva o Verso! Visitem meu blog: vivaoverso.blogspot.com